segunda-feira, 15 de março de 2010

MÃE É QUEM CRIA, MIMA, AMA INCONDICIONALMENTE!!!




Num Jardim Zoológico na Califórnia uma tigre fêmea, pariu 3 crias, que infelizmente não resistiram as complicações da gravidez e morreram logo após o nascimento.
A Mãe Tigre Depois de se recuperar do parto, começou a piorar seu estado de saúde, mesmo que fisicamente ela estivesse bem.
Os veterinários sentiram que uma perda das crias causou uma profunda depressão na mãe tigre.Os médicos DECIDIRAM que ela se adopta-se uma cria de uma outra mae, talvez melhorasse. Após investigarem em vários jardins zoológicos pelo país, Tiveram uma triste noticia de que não havia nenhuma cria de tigre órfão na mesma idade para levar para a mãe tigre.
Os veterinários DECIDIRAM então tentar algo que nunca tinham feito num zoológico.
Às vezes uma mãe de uma espécie cuida dos filhotes de uma espécie diferente. Os únicos órfãos encontraram m que ser, foram as crias de uma porquinha. Os funcionários do Zoológico e os os veterinários revestiram porquinhos em pele de tigre e colocaram os bichinhos ao redor da mãe tigre.
INCRÍVEL A NATUREZA!

Ninguém nasce odiando outra pessoa pela cor de sua pele ou por sua origem, ou sua religião. Para odiar, pessoas PRECISAM como aprender. E também se aprender a odiar, pueden ser ensinadas a amar, pois o amor chega mais naturalmente ao coração humano do que o seu oposto. Jamais A bondade humana é uma chama que pode ser extinta oculta,.
(Nelson Mandela)

3 comentários:

Mírian Martins disse...

Me emocionei com essa história...e as fotos então...
Como um animal pode ser em certas ocasiões mais generoso e afetuoso do que um ser humano??
Maravilhosa postagem!!!!!!!
Obrigada por visitar meu blog e me seguir. Estou te seguindo tb!!
Beijoka e ronrons.

Paula Guima disse...

Ahhhh que graça!
E a roupinha dos bebês? rsrsrsrs
Que delicinhas!!

Amor de bicho, amor incondicional!!

bjoo

Conceição disse...

Olá!
Venho aqui deixar as boas vindas ao blog do David. Ficamos muito contentes por se juntar a nós. Grande lição de vida a que pude ler, às vezes os animais conseguem ser mais humanos que os humanos.
Beijinhos